3 maneiras de evitar ficar preso em uma carreira que você odeia

Tempo de leitura: 5 minutos

Como parar de dar desculpas e começar a entrar em movimento para ter a carreira que você ama.

Se você ama seu trabalho e está satisfeito com o que você faz ... Infelizmente você é a minoria.

A maioria das pessoas se formam, encontram um emprego, começam a adquirir dívidas e ganham a vida para pagar as contas até o final de sua vida.

Tem que haver uma maneira melhor de se viver você não concorda?

Hoje vou listar para você três maneiras de evitar ficar preso em uma carreira que você odeia e como começar a agir agora para conquistar a carreira que você ama.

1 - Tenha o controle da sua vida

 

As palavras "preso" e "acorrentado" são frequentemente usadas por diversas pessoas ​​para descrever como se sentem sobre o seu trabalho.

Considerar um futuro incerto em uma área nova, contra anos da experiência anterior e dedicação em uma área totalmente diferente pode te deixar paralisado.

As pessoas muitas vezes avaliam a viabilidade da mudança apenas olhando para as forças externas como por exemplo: educação, rede de contatos, dinheiro ou experiência. Sim, elas são super importantes, mas os fatores internos são a força motriz do poder pessoal. Isso inclui seu conhecimento sobre seus valores, propósito e resiliência, pois são eles que o capacitaram a criar a mudança que deseja ter e poder assumir então o controle da sua vida.

Tudo o que você precisa para se mover de onde você está para onde você quer estar, está em sua mão. Você só precisa aprender a trabalhar a seu favor.

O que fazer: Você tem o poder de criar a mudança que você quer para sua carreira e sua vida. Construir confiança em sua capacidade de se reinventar e alinhar-se com o que você realmente quer.

Comece fazendo a seguinte pergunta a si mesmo: "O que eu quero para minha carreira e minha vida?".
Tire um tempo para refletir, pensar e se concentrar no que mais importa para você. É dinheiro, flexibilidade, criatividade, liberdade, contribuição, reconhecimento ou crescimento?

Outro exercício legal é: anote o que faz você se sentir "preso" ou "acorrentado" e, em seguida, identifique situações em que você já sentiu isso antes, mas conseguiu mudar a situação e ter o controle da sua vida em suas mãos.

2 - Haja apesar do medo

 

O medo é algo difícil de controlar quando pensamos em mudança seja ela de carreira ou qualquer que seja a mudança e muitas vezes é quase impossível controla-lo. Os principais medos que surgem em sua mente quando pensa em fazer o que você realmente ama é: o medo do fracasso, medo da perda, medo do sucesso ou medo do desconhecido. 

Esses medos fazem com que você procrastine e continue em sua vivendo sua vida de forma mediana. Lidar com
esse impostor emocional é algo que você muitas vezes guarda dentro de você e só compartilha com os confidentes (quando compartilha), no entanto, o isolamento só faz aumentar o problema.

O que fazer: Reconhecer e identificar seus medos é o primeiro ponto. O segundo é anotá-los e em seguida, fazer uma analise do melhor e do pior cenário para lidar com cada medo que você anatou. Quando você identifica o medo que você sente, você tem a oportunidade de abordar o desconhecido e enfraquece-lo a um ponto em que ele já não assombre mais você.

Por exemplo, se você reconhecer o seu medo do desconhecido, escreva o pior e o melhor cenário para enfrentar o medo. Comece a elaborar cada passo que terá de dar para identificar as oportunidades para o seu próximo movimento na sua carreira, isso ajudará você a se sentir mais seguro e otimista em relação a mudança.

3 - Saia da zona de conforto e sinta-se desconfortável

Você batalhou muito para conquistar seu diploma, comprar seu carro e até mesmo para conseguir seu primeiro emprego. Só que hoje você negocia consigo mesmo para se sentir satisfeito com seu trabalho porque ele oferece a você o estilo de vida que você sempre quis ter. Possivelmente você ama as vantagens do trabalho ou o prestígio da posição que você ocupa atualmente e isso lhe dá uma certa "segurança" e conforto.

Só que profissionais que se destacam em qualquer situação ou área se sentem desconfortáveis a fora da zona de conforto a maior parte do tempo. Quando você se sente confortável e “seguro” isso faz com que você comprometa a busca pela sua verdadeira paixão. Não existe melhor sensação de quando estamos buscando algo importante para nossas vidas e toda grande busca ou mudança sempre causará desconforto.

O que fazer: Caso você não possa optar por fazer uma mudança imediatamente em sua carreira, você pode começar a elaborar um plano para a transição da sua carreira. Busque realizar alguma atividade nova que faça você encontrar um trabalho que define quem realmente é e lhe traga a oportunidade de dar início a uma nova carreira.

Identifique que tipo de trabalho, experiência e pessoas vão trazer maior propósito e realização para você. Como você será capaz de desenvolver suas habilidades, experiência e expertise em sua nova carreira? Esses questionamentos e novas possibilidades começará a dar a você a motivação que precisa para dar início a essa mudança.

Outra coisa importante é encontrar um parceiro de responsabilidade que te ajude e incentive a se comprometer com sua nova busca, ele deverá te ajudar a garantir que você está fazendo progressos semanais para a sua transição e nova vida.